Sobre Prof. Elisson de Andrade

Professor universitário e palestrante sobre Educação Financeira. Engenheiro Agrônomo (USP), Bacharel em Direito (UNIMEP), Mestre e Doutor em Economia Aplicada pela USP. Ganhador do prêmio BM&FBOVESPA de melhor dissertação/tese sobre derivativos (2004). Um eterno apaixonado em aprender e ensinar.

  • Nei

    Costumo utilizar o excel para fazer minha planilha de Orcamento pessoal, essa formula apresentada no video acima é excelente. obrigado pela dica e parabéns pelo trabalho!

  • Muito obrigado Nei. Espero continuar agradando.

  • Francisco

    Excelente nível técnico. Planilha muito interessante (essencial, eu diria) para o controle financeiro.
    Uso o MS Money 99 desde 1999 e, há 4 anos, comecei um acompanhamento via excel. Comecei com uma planilha e hoje tenho 3 (contas, cartões e projeções), todas interligadas, onde me controlo mês a mês (planilhas amadoras, mas que resolvem e me ajudam muito).

    Confesso que nunca havia pensado da forma que o vídeo nos ensina, e também não conhecia essa fórmula. É certo que acrescentarei tal tipo de cálculo aos meus controles.

    Parabéns e obrigado pela aula.

    • Poxa Francisco, muito obrigado pelas palavras. Gosto muito da observação “planilhas amadoras mas que resolvem e me ajudam muito”. Isso é o mais importante. Usar das ferramentas de maneira que resolvam seu problema. Abração e conto com mais comentários.

  • Gustavo

    Muito bom o video e o material do blog. Parabéns!

  • Pingback: ()

  • Paulo Liz

    Boa tarde!

    Estou com uma dúvida a respeito de uma decisão de compra, e gostaria de uma opinião mais experiente:

    Tenho três propostas para a venda de um produto, sendo assim dispostas:
    a) valor de R$
    38.725,00 em parcelas de 30/60 dias (pz médio 45 dias)

    b) valor de R$ 39.677,64 em parcelas de 30/60/90/120/150/180/210/240
    dias (pz médio de 135 dias)

    c) valor de R$ 39.750,00 em parcelas de 15/30/45 dias (pz médio de 30 dias)

    Para analisar ambos desembolsos a valor presente, considerando um taxa mensal de 1,8%, como há períodos diferentes da taxa (15/30/45), equiparei as taxas para diária, e utilizei a fórmula de cálculo do VP, usando como Nper o pz médio de cada opção e a tx diária. Este raciocínio esta correto, levando em consideração a opção “c”.? Ou há outra forma de considerar os prazos diferentes de “um mês”?

    Obrigado

    • Não dá para calcular por prazo médio, quando os juros são COMPOSTOS. Para ao item c, por exemplo, é preciso fazer uma equivalência de taxas, transformando a taxa mensal em QUINZENAL. Daí pode usar a fórmula do VP, para três períodos que dá certo. Abraço.

      • Paulo Liz

        Prof. Elisson, muito obrigado pelo retorno.
        Vou usar desta maneira.
        Grande Abraço e obrigado novamente.

        Subject: Re: New comment posted on Definindo objetivos financeiros no Excel