Análise comparativa: Tabelas Price e SAC (1)



AVISO IMPORTANTE: gosta de Matemática Financeira? Conheça nosso curso gratuito com exercícios resolvidos e comentados

CLIQUE AQUI



Financiamento casa própria

Tabelas Price e SAC

Com uma boa dose de imaginação, existem inúmeras maneiras que uma dívida pode ser paga. Isso significa que, ao emprestar dinheiro a alguém, você pode desejar receber tudo de uma só vez, após seis meses, um ano, ou até mesmo dividir o recebimento desse dinheiro em parcelas. 

Contudo, o mercado acaba adotando algumas formas de pagamento de dívidas que são mais simples ou úteis. É o caso da famosa Tabela Price. Esse método consiste em pagar o valor financiado/emprestado em parcelas iguais – geralmente mensais. Algo como: compro uma televisão, cujo preço à vista é de R$1.000,00, em 12 parcelas iguais de R$100,00.

Além da Tabela Price, no Brasil, outro método de amortização de dívidas que se tornou bastante conhecido é o Sistema de Amortização Constante (SAC), frequentemente utilizado em financiamentos imobiliários.

   
OBS: uma análise ainda mais profunda sobre tabelas Price e SAC pode ser encontrada NESSE LINK

CONHECENDO AS TABELAS

 

Sabendo da relevância das tabelas Price e SAC dentro do cenário brasileiro, decidi escrever dois artigos sobre o assunto, de forma a apresentá-lo de maneira simples e didática aos meus leitores. No primeiro deles, que corresponde ao presente post, será apresentado um vídeo demonstrando como elaborar uma planilha em Excel, calculando o fluxo de caixa de uma dívida a ser paga mensalmente. Ter a visão de como funciona o cálculo dos juros, amortização, pagamentos e saldo devedor, é o principal objetivo dessa primeira parte.

 

No segundo artigo (Parte 2), é feita uma profunda discussão sobre as características e diferenças entre as tabelas Price e SAC, de forma que se possa compreender as vantagens e desvantagens de cada uma delas.

Portanto, mãos à obra, assista ao vídeo abaixo e compreenda como elaborar as Tabelas Price e SAC no Excel. Obs: a planilha utilizada no vídeo pode ser baixada clicando-se AQUI.  



Se gostou desse vídeo, inscreva-se em meu Canal no Youtube, agora mesmo, e fique sabendo de todas atualizações em primeira mão. Basta clicar no botão abaixo:

Tabelas price e sac  


#FICA A DICA. 
Confira outros artigos relacionados a imóveis:

- Veja como calcular a tabela price considerando-se o efeito da inflação

Jovens: financiar a casa própria ou alugar?

Casa própria: ter ou não ter, eis a questão.

Imóvel: comprar ou alugar? Um estudo de caso pessoal.    


Quer ter o conforto de receber as atualizações do blog e outras novidades quentíssimas, por e-mail? Cadastre-se agora mesmo.




Sobre o Prof. Elisson de Andrade

Professor universitário e palestrante sobre Educação Financeira. Engenheiro Agrônomo (USP), Bacharel em Direito (UNIMEP), Mestre e Doutor em Economia Aplicada pela USP. Ganhador do prêmio BM&FBOVESPA de melhor dissertação/tese sobre derivativos (2004). Um eterno apaixonado em aprender e ensinar.
  • http://www.prosperenaweb.net/blog Abel

    Tudo bem Professor?

    Parabéns pelas explicações, estava com duvida sobre o SAC e PRICE e vc me ajudou a saná-las.

    Obrigado e sucesso.

    Parabéns pelo Blog, muito bom.

    • http://www.profelisson.com.br Prof. Elisson de Andrade

      Olá Abel. São feed backs como o seu que me anima a produzir cada vez mais. Abraço.

  • Ivan Cabral

    Parabéns professor com sua bela explicação entendi as diferenças entre elas e montei minha planilha, porém uma dúvida: com o reajuste ANUAL onde entra na planilha a fórmula do reajuste?

    • http://www.profelisson.com.br Prof. Elisson de Andrade

      Olá Ivan. Com reajuste anual, realmente a planilha irá ficar um pouco diferente. Primeiro, terá que supor uma taxa de inflação para reajuste (caso os valores sejam corrigidos por um certo índice). Logo, terá uma estimativa de tabela price e sac. Na verdade, a ideia é jogar o índice de reajuste no saldo devedor e calcular tudo de novo.
      Abração
      Elisson

  • Mara Lima

    Ola Profº
    Suas aulas são ótimas. Foram de grande valia, agradecida.
    Abraço!

    • http://www.profelisson.com.br Prof. Elisson de Andrade

      Que bom Mara. Espero poder continuar agradando. Abração.

  • Simone

    Compartilhado com todos os meus amigos… Vou acompanhar seus posts…

    • http://www.profelisson.com.br Prof. Elisson de Andrade

      Olá Simone. Inscreva-se no blog e receberá notícias quinzenais por email. Creio que vale a pena.
      Abraços e obrigado pelo comentário.

  • BERENICE DOS SANTOS

    Olá Elisson sou corretora e nos últimos dias, estou enfretando um dilema no compreendimento entre SAC ou PRICE. Meus clientes estão preferindo o PRICE do BB, mais estou cheia de dúvidas, pois antes trabalhavamos somente com a CEF. Você pode me ajudar? As prestações realmente são fixa ate o final do financiamento? Posso optar sem medo no PRICE? Obrigada! Berenice

    • http://www.profelisson.com.br Prof. Elisson de Andrade

      Olá Berenice. As parcelas PRICE são fixas quando calculamos (fórmula). Porém, periodicamente (por exemplo, todo ano), esse valor é reajustado pela inflação (ou seja, é preciso fazer todo o cálculo novamente). O problema se configura se o índice inflacionário disparar nos próximos anos e o valor da parcela aumentar muito, em relação ao salário de quem fez o financiamento. Abç.

  • wilson gomes

    ola prof, tenho lido o seu blog, é mto bom e tem muito conteudo, agradecia ter sempre as suas materias, eu sou de angola… Um abraço..

    • http://www.profelisson.com.br Prof. Elisson de Andrade

      Olá Wilson. Inscreva-se dando seu email ao abrir o blog, que sempre envio boas notícias, quinzenalmente. Obrigado pelos elogios. Abç.

  • Pingback: Tabela Price e os efeitos da inflação - Prof. Elisson de AndradeProf. Elisson de Andrade

  • Camila

    Olá, estou com uma duvida, compensa mais parcelar em 360 meses pela SAC ou em 300 meses pela PRICE?

    • http://profelisson.com.br/ Elisson de Andrade

      Olá Camila. É um pouco complicado responder assim, sem uma análise mais pormenorizada das cláusulas do contrato. O que lhe posso dizer é que geralmente é preferível aquele financiamento de taxa de juros menor. Se forem iguais, guarde dinheiro para pagar o mais rapidamente possível. Em breve estarei lançando um curso sobre isso, e lhe aviso. Abração e obrigado por nos visitar.

      • Camila

        Obrigada pela resposta… seus artigos são muito interessantes.
        As duas taxas de juros seriam iguais, 7.5… pretendo financiar 198 mil reais. Na SAC a primeira parcela seria 1980.00 em 360 meses, já na PRICE eu conseguiria pagar em 300 meses, as parcelas ficariam 1552,00. Pretendo antecipar valores a cada dois anos. A PRICE seria melhor neste caso?

        • http://profelisson.com.br/ Elisson de Andrade

          É como digo Camila, quanto antes pagar, melhor. Complicado descrever assim, em poucas linhas. Seria preciso pegar uma planilha e demonstrar as vantagens e desvantagens de cada uma. Será isso que farei no curso. Abração.

  • Pingback: Financiamento imobiliário: tabela Price ou SAC?

  • Fabio

    Ola, Gostaria de ver um vídeo ensinando a fazer o recalculo do saldo devedor (tabela SAC) simulado pelo cenário da economia atual. Parabéns pelo sit. Att.