Sobre Prof. Elisson de Andrade

Professor universitário e palestrante sobre Educação Financeira. Engenheiro Agrônomo (USP), Bacharel em Direito (UNIMEP), Mestre e Doutor em Economia Aplicada pela USP. Ganhador do prêmio BM&FBOVESPA de melhor dissertação/tese sobre derivativos (2004). Um eterno apaixonado em aprender e ensinar.

  • Sílvia

    Professor, esta série de artigos será muito interessante!!! Confesso que tinha em mente muitos paradigmas sobre os quais falou! Hoje em dia, após muita leitura (incluindo o seu site), consegui enxergas outras opções, outras alternativas! Obrigada!

    • Olá Silvia, que bom que está gostando. O objetivo é esse mesmo, ajudar você a pensar e, assim, permitir que viva melhor. Abç

  • Na verdade, numa perspectiva de educação alicerçada em princípios histórico-culturais, ou para além da famosa escola tradicional, o professor ocupa, ou pelo menos deveria, ocupar um lugar de mediador, possibilitador, facilitador da construção dos conhecimentos feitos pelos próprios alunos, assim como de suas habilidades.

  • Sou um colega, professor de Administração e Informática.
    Parabéns pelo site, muito bom.
    Acessava o http://www.administradores.com.br, mas está cada vez pior, muito superficial.

    Aqui tem cultura geral, um vocabulário elaborado sem ser esnobe e o mais importante: Conteúdo !

    Novamente, Parabéns!

  • Pingback: ()

  • Vivemos hoje sob a crise do paradigma moderno, o qual nasceu com a Ciência Moderna que determinou o modo de ser e agir do ser humano contemporâneo. De maneira larga podemos afirmar que o paradigma moderno, hoje em crise, começou a tomar vulto com o italiano Galileu quando fez os primeiros experimentos que deram origem à racionalidade cientificista que temos atualmente. Imediatamente, na Filosofia, soma com Galileu o francês Descartes e Francis Bacon na Inglaterra. Antes deste modelo, a matriz disciplinar ocidental era da Teologia no período da Idade Média que remetia ao transcendente e à metafísica a explicação de tudo.

  • Pingback: ()

  • Pingback: ()