Sobre Prof. Elisson de Andrade

Professor universitário e palestrante sobre Educação Financeira. Engenheiro Agrônomo (USP), Bacharel em Direito (UNIMEP), Mestre e Doutor em Economia Aplicada pela USP. Ganhador do prêmio BM&FBOVESPA de melhor dissertação/tese sobre derivativos (2004). Um eterno apaixonado em aprender e ensinar.

  • Professor, claro que se computarmos o custo de sua hora para resolver estas questão, talvez, economicamente falando, sua atitude não teria valido apena.

    Contudo, essa atitude vai além da economia financeira ou econômica.

    Esta atitude está nitidamente ligada a um basta ao péssimo atendimento que nos é oferecido.

    Além dos canais oficiais, gostaria de divulgar a Associação PROTESTE http://www.proteste.org.br). É uma associação de defesa do consumidor que presta assessoria jurídica ao associado na resolução de questões consumeristas.

    Parabéns!

    http://www.ricodinheiro.com.br

    • Olha Kleber… sobre essa questão do “custo da minha hora”, tenho visto que está se transformando em uma espécie de artifício, para algumas pessoas justificarem certos atos de consumo exagerados. Do ponto de vista econômico, o conceito é ótimo. Mas na prática, nem sempre isso é verdade. Quem sabe não escreva sobre isso algum dia… Abração.

  • Cleiton Oliveira

    Pura Proatividade. Se antecipando e assumindo a responsabilidade perante as próprias decisões e ações frente às situações impostas pelo meio.

    Abraços

  • fabio balbino

    Parabéns, comungo da mesma opinião. Só esse mês conseguir reaver R$ 5,98 com minha operadora de telefonia celular e baixar 60 % da minha anuidade de cartão de credito economizando mais R$ 34,00. Professor, no meu contrato de financiamento imobiliário com o banco consta que a forma de pagamento é através de desconto em conta corrente, porém esta conta só funciona para essa finalidade, me onerando em R$ 12,00 reais por mês. O senhor conhece alguma alternativa para “fujir” disso? Ate mais. Abraço.

  • Seba Silva

    Compartilho desta mesma atitude, eu pago uma mensalidade de 24,00 pelo privilégio de ter uma conta corrente na CAIXA. Onde tenho um financiamento imobiliário e recebo aposentadoria. Também tenho uma conta poupança da caixa que não tem custo nenhum. A CP é de 2000 ao passo que a CC e de 2010.
    Estou em processo de venda dos imóveis e de quitação do saldo devedor para 2015. Uma vez sem débito com a caixa, vou cancelar imediatamente a conta privilégio que me custa 24,00 mensais. Um abraço a todos

  • Agente Fiscal

    Economia,algumas dicas. Tinha tv a cabo (no combo) bom cancelei tudo e instalei novamente no nome da minha esposa um pacote de 2 mega (r$ 39,90)assinei o netflix r$ (22,00) e assim sai dos r$ 179,00 para menos de r$ 75,00 (ou seja menos r$1.248 ano). Cartão uso “pre-pago” ja que a maioria das minha compras faço na internet com ate 40% de desconto (hoje mesmo comprei um novo roteador de r$ 98,00 loja para r% 59,00 na net).Carro então nem se fala (comprei uma Blazer 4.3 v6 executiva com GNV) são 300 km com r$ 40,00 ipva barato. Promoção de celular compro so em site os modelos com 3 meses que sai de linha em media (atualmente to namorando o LG Titanium ou Next 5 ambos em torno de r$ 500)Mas tem um quardcore que caiu de preço para r$ 490,00 (e pensar que custaram ate r$ 1.890,00 a 9 meses atras) e contratei plano vivo de 1 mega por r$ 59,00 so internet e para falar uso Oi por r$ 17,00 em media por mês.. Bom ferias ja to pagando para Novembro Porto de Galinhas passagem para o casal ida e volta r$ 1.090,00 ( e pensar que custa r$ 980,00 so 1 passagem no dia da viagem “promocional”) Ah as acomodações,bom conseguir no Sesc de la casal para 4 dias pensão completa r$ 790,00. Ah conta Bancaria tenho Salario (na faixa) e poupança que me atende bem e não tem custos. Bom tenho mais dicas que se somar tudo economizo mais de r$ 3 mi a r$ 4 mil ano.

  • malanar11

    Acho um absurdo o cartão cobrar anuidade já que ele ganha com cada compra realizada. A anuidade só se justificaria se a pessoa não tem um mínimo de consumo por ano. No dia que o meu cobrar 1 real ou mais irei cancelar.
    TV a cabo não pago, caro e poucos canais interessantes, deveria ter como pagar por canal.
    Banco, mudei um deles para pacote de serviços essênciais que não tem cobrança. Banco desanima, além de cobrarem as tarifas, TEDs, cheques, etc, suas aplicações costumam ter uma péssima rentabilidade, ou seja, perde-se 2 vezes. Conta digital resolve parte do problema.