Sobre Prof. Elisson de Andrade

Professor universitário e palestrante sobre Educação Financeira. Engenheiro Agrônomo (USP), Bacharel em Direito (UNIMEP), Mestre e Doutor em Economia Aplicada pela USP. Ganhador do prêmio BM&FBOVESPA de melhor dissertação/tese sobre derivativos (2004). Um eterno apaixonado em aprender e ensinar.

  • FelipeGalo

    Bom dia!

    Meu nome Felipe, sou Especialista em Excel e Access VBA, caso alguém tenha interesse conforme acima de consumir webservices do Banco Central usando Excel ou Access pode entrar em contato, desenvolve um suplemento que chamo de Ecomic_XL 100% em VBA Excel que consome o Webserivce.
    você pode obter taxas da TR direto na sua planilha Excel de forma automática e varios outras taxas como Selic,CDI e outros

    lipetadeu@hotmail.com

    Abraços,

    Felipe

  • Jonathan David

    Não seria R$1600, ao invés de R$260?

    • Obrigado pela correção @disqus_kUrDdETJgu:disqus. Na verdade, seria 1700 reais. Isso porque 100 com um aumento de 100% daria 200 reais. Um aumento de 200% daria 300 reais, e assim sucessivamente. Abraços e corrigido.

      • Jonathan David

        Sim, eu ressaltei apenas para o fato do resultado dos juros, não à soma total. Obrigado pelo artigo. Abraço

  • ALCYONE JUNIOR

    OLÁ , tenho um saldo a receber de 40 mil desde 11/10/2012 ,calculado pela TR+ juros de 0,5% ao mês , qual seria meu valor final a receber?grato

  • Hot Master

    E por quais motivos não se extingue de vez essa TR, e passa-se a corrigir usando a inflação? Na cúpula do governo, não tem ninguém responsável por isso e que enxergue este tipo coisa?

    • Olha @hot_master:disqus. Apesar de ser uma ideia, daria uma dor de cabeça imensa, pois mexeria com vários financiamentos, Poupança e FGTS…

      • Hot Master

        Mas não mexeria para melhor? Por exemplo, o FGTS, não iria render mais, muito mais do essa merreca que rende com a TR? E a poupança, também iria ter um rendimento mais alto do é atualmente.

        Se isso não fosse possível, pelo menos o beneficiário do FGTS deveria ter o direito de pegar esse dinheiro e investir no Tesouro Nacional, sei lá, uma NTNB para 2040 sairia muito mais vantajoso do que ficar nesse FGTS com essa correção.

        • Seria melhor para quem tem dinheiro no FGTS? SIM
          Seria melhor para quem tem dinheiro na Poupança? SIM
          Com uma TR mais alta e poupança rendendo mais, seria bom para o governo vender seus títulos públicos? NÃO, pois isso só aumentaria a dívida.
          Seria melhor para quem pega dinheiro emprestado com recursos da Poupança? NÃO, pois com a correção das parcelas pela inflação, elas aumentariam MUITO mais

          Cobre a cabeça, descobre o pé…

          • Hot Master

            Certo!

            Então o governo deveria deixar livre para o trabalhador a escolha se ele quer “investir” no FGTS ou em outro lugar. Não deveria existir uma lei que obrigasse o empregador recolher parte da renda de seus funcionários para para o FGTS, sendo que não é a melhor opção do mercado.

            Já que não dá pra acabar com a TR, deveria-se acabar ao menos com certas obrigações que patrão e empregado tem, visto que há desvantagens para o empregado, ver seu dinheiro sendo guardado em um lugar que não lhe rende um valor desejável.

            Sei que isso é um outro assunto,então parei por aqui, não vou tomar seu tempo Professor.

            Obrigado pela atenção e Sucesso !

  • Marcio Bispo

    Professor tenho uma duvida, pois preciso apurar a diferença em um financiamento, e não sei como proceder.preciso saber o valor exato
    da diferença que será paga no financiamento habitacional:

    200 mil
    parcelados em 360 Meses com a taxa de juros Efetivos a.a + TR a 8.7999%

    200 mil parcelados em 360
    Meses com a taxa de juros Efetivos a.a + TR a 9.3000%

    Este valor obtido será solicitado a parte
    vendedora abatimento no valor a ser financiado.

    Será que eu mesmo consigo fazer este calculo?

    Desde já agradeço.

  • Ramon

    Prof Elisson de Andrade. Em um financiamento de R$ 270.00 durante 360 meses com juros efetivos + TR.

    Se eu pagar todas as parcelas vigentes no contrato, ainda terei débito com o banco correto após o pagamento da parcela 360?
    O Banco pode me obrigar a inserir a TR no meu saldo devedor ou posso solicitar o pagamento da mesma em cada parcela?

    Obrigado.

    • Em geral, os contratos atuais não deixam saldos remanescentes. E a TR já vem incorporada em cada parcela. Abraços @disqus_SszaFga3Vc:disqus.

      • Ramon

        Obrigado pelo auxílio, mas no entanto tem algo que nao entendo. Por exemplo;

        Saldo Devedor: 100.000
        Amortização: 300
        Digamos que neste caso a TR seja equivalente a 100 reais.
        Saldo após pagamento da parcela vigente: 99.800

        O que não entendo é que eles dizem que o saldo devedor e atualizado pela TR após o aniversário do contrato, ou seja, pago a TR na Parcela e ela ainda e adicionada ao meu saldo devedor?

        Não sei se fui claro.

        Abraços @elissondeandrade:disqus

        • Exato. o saldo devedor é corrigido periodicamente pela TR. Você paga, diminui o saldo devedor, depois vem a TR, aumenta o saldo devedor e, consequentemente, o valor da parcela. E assim por diante.

          • Ramon

            Tudo bem. Mas neste caso após eu pagar todas as prestações ainda terei um saldo devedor, pois a amortização não e integral.

            Resumindo. Primeiro o Prof me disse que normalmente a TR ja vem incorporada a cada parcela. Não seria este caso que citei, correto?

            Se ela não é incorporada a parcela ela é somada ao saldo devedor e assim a amortização mensal não é 100% o que matematicamente não seria quitado após todas as parcelas pagas.

          • Ramon

            Como consigo contato com o Sr? Queria conversar sobre algumas possibilidades.

          • Olá @disqus_SszaFga3Vc:disqus. O único canal que disponibilizo é o formulário de contato disponível no topo desse blog. Abraços.

          • Matheus Cremaschi

            Ramon penso a mesma coisa que vc. Acredito que quando chegar no fim do financiamento irei ficar devendo e muito. Vc Conseguiu entender se isso vai zerar ou não?

  • Karem Cassia

    Olá Prof. Elisson!! Estou tentando fazer o cálculo da TBF anualizada, porém no período que preciso ela ficou abaixo de 11% (junho a dezembro 2012), e não estou conseguindo localizar o valor do parâmetro “b” adotado nesse período pelo banco central.
    A taxa TR nesse período foi de 0 também, você saberia me dizer qual taxa utilizada para correção de valores para depósitos na poupança?
    Obrigada!

    • Quando a TR é zero, remunera-se a poupança apenas pelo valor fixo de 0,5%, ou taxa menor segundo a tabela que inventaram na época, que depende da selic. Abraços.

      • Karem Cassia

        Obrigado!

  • Pruda

    Professor interessante… Agora eu pago os juros+TR … que coisa, alem da inflação tem a TR pra subir mais ainda minha despesa com prestação … Que país e esse??

  • Lucas

    Também acho um absurdo um financiamento que pago 2700 de parcela sendo que só de juros é 1850… E a amortização deveria ser 2700 – 1850 = 850… Porém como o saldo devedor é atualizado pela TR, as vezes a amortização não chega a 200 reais… Ou seja, quase nada… Eu já pago os juros… É correto aplicar ainda mais juros devido à correção pela TR?

    • Em tese, como o financiamento é de longuíssimo prazo, faz sentido cobrar juros E correção monetária. O problema é não avisarem como funciona esse sistema ANTES de se fazer o financiamento, para evitar o descontentamento posterior, como no seu caso…

  • Narthan Yamamoto

    Olá Prof. Elisson!
    Qual a sua opinião sobre deixar saldo de FGTS “rendendo” ou sacá-lo para amortizar saldo de financiamento imobiliário?
    Abraços e parabéns!

    • Em termos FINANCEIROS, faz todo sentido sacar para amortizar o financiamento, pois ele rende quase nada se fica parado no FGTS, e você acaba pagando menos juros do financiamento. Abraços @narthanyamamoto:disqus

  • Compras Cabedelo

    Bom dia Professor, estou em andamento com financiamiento Bancário no Banco do Brasil, o qual o mesmo me informou que só teria a opção de financiamiento com o valor da TR já incluída nas parcelas, diferente de outro Banco como a Caixa Econômica, o qual a TR é calculada mensalmente + os Juros. O Sr. tem algum conhecimento da obrigatoriedade dessa questão?

    Agradeço antecipadamente.

    • Olá @comprascabedelo:disqus. Não vejo nem como incluir a TR em parcelas futuras, dado que ela é uma taxa PÓS-FIXADA.

  • kikoal

    Com a redução na SELIC, qual a influência que isso pode gerar na TR?

    • Em uma das fórmulas expostas, mostramos o cálculo da TBF, que é realizado através da remuneração dos CDBs, que por sua vez, tendem a acompanhar os movimentos da Selic. Portanto, se a Selic cai, a TR tende a cair também…

      • kikoal

        Valeu! Ficou claro..

  • Nataly Sothe

    Muito bom o artigo Elisson! Obrigada!

    • Muito obrigado @natalysothe:disqus . Espero que possa ler outros artigos tão bons quanto esse.