Sobre Prof. Elisson de Andrade

Professor universitário e palestrante sobre Educação Financeira. Engenheiro Agrônomo (USP), Bacharel em Direito (UNIMEP), Mestre e Doutor em Economia Aplicada pela USP. Ganhador do prêmio BM&FBOVESPA de melhor dissertação/tese sobre derivativos (2004). Um eterno apaixonado em aprender e ensinar.

  • Que falta de conhecimento. Gosto de seus artigos mas lamentável o que escreveu. Deveria estudar mais sobre as cripto moedas

    • Olá @fabiogalantemans:disqus. Sem problemas discordar. O espaço é para isso também. Apenas busquei me amparar em fundamentos e opinião de 2 prêmios Nobel de Economia. A vida é assim… O tempo dirá qual das visões é a mais aderente à realidade. Abração.

  • valdecir xavier

    Obrigado por confirmar alguns pontos em que eu me apegava professor. Não sabia, mas estava bastante desconfiado dessas coisas. Concordo com todos eles.

  • Nicolas Bomtempo

    Obrigado por compartilhar a sua visão em relação ao assunto. Apenas tentando acrescentar e discordar de algumas citações abordadas no artigo, ela é sim uma moeda regulamentada em alguns países segue: http://www.infomoney.com.br/mercados/bitcoin/noticia/6351445/bitcoin-ganhou-bilhao-valor-mercado-apos-japao-russia-regulamentarem-moeda , o bitcoin não é utilizado como esquema de pirâmide e sim variantes “criadas” por outras pessoas sem relação ao bitcoin em si, falar que o bitcoin é utilizado apenas como forma de ilegalidade chega ao absurdo, a moeda que é mais utilizada para ilegalidades é o dólar, todo bitcoin deve ser comprado de alguém e podemos rastrear a origem desse dinheiro e tomar as devidas medidas em relação de onde veio esse dinheiro (processo por lavagem de dinheiro e etc).

    • Primeiramente, obrigado pela polidez e respeito no comentário. Em segundo lugar, realmente, muitos países estão estudando colocar regras para a utilização das criptomoedas, para a própria segurança interna e arrecadação de tributos, o que não invalida meu pensamento de não gostar dessa alternativa como INVESTIMENTO. Com relação à pirâmide, realmente, ela não necessariamente está atrelada à natureza das criptomoedas, mas para mim o fato ajuda a fazer-me desgostar da opção como um ativo de minha carteira. Pra finalizar, fico imensamente agradecido pelo retorno e espero encontrá-lo em outros artigos. Abração @nicolasbomtempo:disqus

  • Sergio SN

    Olá Prof. Elisson,
    O seu artigo está bem de acordo com o que penso sobre assunto.
    Recentemente percebi o quanto esse tal de bitcoin está criando algo que, na minha opinião, são falsas ilusões. Uma pessoa que conheço embarcou nessa e, diante de vários amigos que tentaram alertá-la sobre os riscos de investir o suado dinheiro em algo tão nebuloso, ela postou no facebook agradecendo à “preocupação” (assim mesmo, com aspas) e que não havia necessidade disso pois ela só acreditava nos orientadores que estavam fazendo com que o dinheiro se multiplicasse. Infelizmente, já a vi participando de dois esquemas de Marketing Multi Nível e é sempre a mesma coisa: muito entusiasmo no início para depois nunca mais ouvi-la falar no assunto. Algumas pessoas vivem perdendo tempo e dinheiro procurando atalhos para melhorar a sua vida financeira mas no final só melhoram a vida de terceiros.

    • Bacana trazer sua contribuição com caso real, @sergio_sn:disqus. Muito obrigado por sempre engrandecer esse nosso humilde espaço. Forte abraço.

  • Edson Guerr

    É útil se você quer contratar um assassino.